História da Cidade

por Rhoney L Schwenck publicado 28/12/2017 17h21, última modificação 28/12/2017 17h21

SÃO JOSÉ DO CALÇADO ESPÍRITO SANTO - ES 

Histórico

Graças à coragem de dois sertanejos - Marciano Lúcio e o caboclo Valério - e a liberalidade do coronel José Dutra Nicácio de Minas Gerais, senhor de grandes extensões de terras, formou-se, nos limites com o Rio de Janeiro, o arruado que mais tarde se transformaria no município de São José do Calçado.
O topônimo, reza a tradição , resultou de a população local ter adquirido na Corte pequena imagem de São José, na qual vieram, justaposta, duas sandálias. Na área doada pelo coronel José Dutra foi lançado, a 07-11-1855, o marco da povoação. Nos primórdios de sua formação e depois, no curso de sua evolução política como povoado, distrito de paz, vila, município, cidade e comarca, São José do Calçado pertenceu a vários municípios, até firmar independência.
Sua elevação a sede de distrito data de 16-11-1871 (Lei número 11) e à categoria de vila, de 11-11-1890 quando foi desligado o território do de Cachoeiro de Itapemirim e, pelo decreto nº criado o município, instalado a 15-03-1891. 
Gentílico: calçadense

FORMAÇÃO ADMINISTRATIVA

Distrito com a denominação de São José do Calçado, por lei provincial nº 11, de 16-11-1871, subordinado ao município de São Pedro de Itabapona.


Elevado à categoria de vila com a denominação de São José do Calçado, por decreto nº 53, de 11-11-1890, desmembrado de São Pedro de Itabapoana. Sede na antiga vila de São José do Calçado. Constituído de 2 distritos: São José do Calçado e Palmital. Instalado em 15-03-1891.


Pela lei municipal de 05-04-1895, são criados os distritos de Alto Calçado, Barra do Calçado e Jardim e anexados ao município de São José do Calçado.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, a vila é constituída de 5 distritos: São José do Calçado, Alto Calçado, Barra do Calçado, Jardim e Palmital.
Pela lei estadual nº 1384, de 05-07-1923, a vila de São José do Calçado passou à condição de cidade.


Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município de São José dos Calçado é constituído de 5 distritos: São José do Calçado, Alto Calçado, Barra do Calçado, Jardim e Palmital.

Pelo decreto-lei estadual nº 9941, de 11-11-1938, o distrito de Jardim passou a denominar-se Bom Jesus do Norte.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 5 distritos: São José do Calçado, Alto Calçado, Barra do Calçado, Bom Jesus do Norte ex-Jardim e Palmital.

Pelo decreto-lei estadual nº 15177, de 31-12-1943, é extinto o distrito de Barra do Calçado, sendo seu território anexado ao distrito sede de São José do Calçado e Bom Jesus do Norte. Sob o mesmo decreto o distrito de Palmital passou a denominar-se Arituba. 

No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o município é constituído de 4 distritos: São José do Calçado, Arituba ex-Palmital, Alto Calçado e Bom Jesus do Norte.

Em divisão territorial datada de 01-07-1960, o município é constituído de 4 distritos: São José do Calçado, Arituba, Alto Calçado e Bom Jesus do Norte. 
Pela lei estadual nº 1911, de 13-12-1963, desmembra do município de São José do Calçado o distrito de Bom Jesus do Norte. 

Elevado à categoria de município. Em divisão territorial datada de 01-01-1979, o município é constituído de 3 distritos: São José do Calçado, Arituba e Alto Calçado. 
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

 Fonte: IBGE

  

O nome da cidade, reza a tradição, vem do fato de a população do antigo vilarejo, ainda no século XIX, ter adquirido da corte uma imagem de São José, a qual veio com sandálias, coisa incomum na época.Essa versão foi escrita em livros sobre o município, porém, reflete a opnião da tradicional Igreja Católica, a qual patrocinou o livro. Contudo, a versão mais aceita reflete o fato de toda região, lugarejo, vilas, municípios terem seus nomes de origem de acordo com a geografia da região. Por exemplo, os municípios de Cachoeiro do Itapemerim, Bom Jesus do Itabapoana, têm seus nomes originados de seus rios, o mesmo fato ocorre com o município de São José do Calçado.O rio que passa pela cidade tinha há muitos anos as suas margens calçadas de pedras. Daí a explicação mais rasoável para o nome de São José do "rio" calçado. Assim como alguns lugares vizinhos e no restante do país, essa cidade recebeu tal nome por ter essa característica geográfica peculiar.

Numa área doada pelo coronel José Dutra Nicácio foi implantado, em 7 de novembro de 1855, o marco que deu início à povoação.

Antes de se tornar independente e constituir-se em município, em 15 de março de 1891, o povoado tornou-se distrito (16 de novembro de 1871), vila 11  de novembro de 1890, desligando-se de Cachoeiro de Itapemirim), cidade e comarca, pertencendo a vários municípios.